O sistema de esgoto, em fase de implantação através da Tubarão Saneamento vai trazer inúmeros benefícios para a cidade, mas a conta quem vai pagar, é o consumidor.

Tubarão Saneamento orienta como funcionará o Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto [Tarifa]

 

Com a implantação do Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto no município de Tubarão, previsto para entrar em operação em 2019, um novo serviço será prestado aos tubaronenses, pela Concessionária. Os investimentos desta primeira etapa, que devem beneficiar 5 mil famílias, contabilizam mais de R$ 58 milhões. O tratamento é essencial para uma vida saudável. “Esta é uma alternativa para garantir que as gerações futuras também usufruam de um planeta sustentável”, destaca a Diretoria da Tubarão Saneamento.

Antes de iniciar a instalação do sistema, todas as famílias dos bairros beneficiados, Recife, Centro e Vila Moema, receberam a visita da equipe técnica e participaram de reuniões nos centros comunitários. Para se conectar na rede municipal de coleta e tratamento de esgoto, o mesmo procedimento será feito. A Tubarão Saneamento irá contatar as famílias e autorizar a conexão. Se o procedimento for realizado antes desta autorização, pode ocorrer um extravasamento, já que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) ainda não está pronta para operar.

Segundo a Diretoria da Concessionária, a atuação da empresa nas ruas, hoje, é para garantir a instalação de todas as redes, e deixar em frente de cada residência uma espera pronta para conexão, que será de responsabilidade do usuário quando for autorizado a se conectar. “Quem está construindo ou reformando, pode aproveitar e deixar as instalações preparadas, facilitando a ligação futura”, orienta.

O novo serviço só será cobrado quando o sistema entrar em operação, ainda em 2019, àqueles usuários dos bairros contemplados nesta etapa. A tarifa de esgoto será integrada à fatura mensal da Tubarão Saneamento, onde hoje consta a tarifa de água. Apesar de aparecerem juntas, na mesma fatura, e com valores iguais, os serviços prestados não se misturam.

“A Concessionária tem um custo para levar água potável à população, pois envolve todo um processo para a captação dessa água, tratamento e consequente distribuição. Há consumo de energia elétrica, manutenção das tubulações, pessoal, produtos químicos usados no tratamento e manutenção da logística de distribuição”, pontua a Diretoria.

Segundo ela, o processo do esgoto é totalmente independente do da água. Trata-se de outra prestação de serviço. O cidadão não paga somente pelo escoamento do esgoto, pois há uma estrutura específica para a coleta e o tratamento, a fim de que esse efluente retorne à natureza de forma adequada.

“Para exemplificar, quando o cidadão dá descarga em sua residência ou comércio, o esgoto segue para a rua, onde é coletado por tubulações, que por gravidade conduz o esgoto até as elevatórias onde o mesmo é bombeado até chegar à ETE. Há custo de manutenção das redes coletoras, operação e manutenção das elevatórias e da estação. Dessa forma, é equivocado dizer que o valor da fatura irá dobrar, pois são prestações de serviços distintas. A cidade de Tubarão hoje é abastecida com água tratada e, a nova tarifa refere-se a coleta e ao tratamento de esgoto”, explica a Diretoria da Tubarão Saneamento.

É importante que a população se conscientize que, a partir do momento que ela tem um serviço de esgoto, ela tem um serviço diferente do que o de água. É um trabalho adicional, que consiste na coleta pública e transporte do material até a estação, onde o esgoto é tratado para depois ser devolvido ao meio ambiente dentro dos padrões ambientalmente adequados.

Para mais informações, o usuário pode fazer contato pelos canais de atendimento da Tubarão Saneamento: 0800 648 9596 e (48) 3052-7400, no WhatsApp (48) 99168-5827 ou no site www.tubaraosaneamento.com.br.

 

Posts Relacionados

WhatsApp chat
//]]>