Os voos entre a cidade catarinense e Campinas vão acontecer de segunda a sábado, com decolagem marcada para as 6h10, e com chegada em Viracopos às 7h30.

Depois de quatro meses, a companhia aérea Azul voltará a ofertar amanhã os voos matutino e noturno no Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna.

Os voos entre a cidade catarinense e Campinas vão acontecer de segunda a sábado, com decolagem marcada para as 6h10, e com chegada em Viracopos às 7h30. Já o caminho inverso será realizado entre domingo e sexta-feira. A aeronave parte da cidade paulista às 23h25 e chega ao Aeroporto Regional às 0h50.

Assim como em outros anos, a Azul tinha transferido as decolagens para o período da tarde. A alegação para a mudança é de que o clima de inverno provoca muitos cancelamentos e voos alternados. Já segundo o diretor comercial da RDL, André Constanzo, a modificação se deve ao aumento na demanda de voos na região Norte e Nordeste do país, o que fez com que a empresa transferisse os voos para essas regiões.

As passagens já estão disponíveis no site da companhia aérea. Em agosto, o DS mostrou que o número de passageiros que passaram nos primeiros seis meses deste ano pelo Aeroporto de Jaguaruna foi menor do que o registrado no mesmo período do ano passado. A queda foi de 10,97%, segundo dados da RDL, que administra o local.

Os dois primeiros meses de 2019 foram os únicos que apresentaram aumento no número de pessoas embarcando ou desembarcando. Na época, a RDL explicou que a baixa foi provocada nos dois momentos em que a Latam, que também opera em Jaguaruna, deixou de operar. O primeiro deles, na última semana de março, quando o caminhão do Corpo de Bombeiros que atende o aeroporto estragou. Depois, em abril, a empresa aérea voltou a paralisar as atividades em virtude da suspensão do Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio (Sescinc).

Voo para guarulhos

Em conversa com o DS, o diretor comercial da RDL confirmou que as negociações para que uma companhia aérea oferte um voo de Jaguaruna para Guarulhos estão adiantadas. “A Latam já sinalizou que tem interesse, e a Gol também está analisando a possibilidade. Esse é o nosso foco agora”, explicou André Constanzo. Por enquanto, não há data prevista para o começo dessa operação. Além disso, a RDL continua as tratativas para que o aeroporto possa ofertar opções de voos para outros locais, como Porto Alegre e Curitiba. Também está sendo realizado um estudo para analisar a demanda e a viabilidade de adequar o aeroporto para voos de carga.

Com informações do Jornal Diário do Sul 

Posts Relacionados

WhatsApp chat
//]]>